Definições de ACANTO

Definições de ACANTO

Do Grego Acantha, do latim Acanthus:

Planta da família das dicotiledôneas, de flores brilhantes, caracteriza-se por suas folhas largas, verdes e recortadas. É uma planta vivaz pode atingir 1,5 metros de altura, partindo de uma roseta de folhas basais, muito grandes, largas e recortadas. Cada acanto produz uma única espiga de flores brancas de cálice longo e rosado.

Vitrúvio (430 a.C.) diz que Calímaco, escultor e arquiteto jônio, “modificou os capitéis de um templo que estava construindo em Corinto, entremeando-os pelas volutas folhas de Acanto”. Dessa modificação nasceu novo estilo – o corintio, identificação de um povo, que representava, na pedra, a elegância, a leveza e o amor.

A folha de Acanto aprimorou os estilos arquitetônicos. Por ter sido intensamente utilizada na construção de templos e monumentos sacros, passou com o tempo, a ser associada às virtudes de pureza e honestidade.

Na Ilíada, Homero nos relata que nas hostes de Agamenon, Lendário Rei de Micenas e herói das pugnas troianas, havia oficiais de alta patente, com honras de magistrados, foram justamente esses magistrados que elegeram a folha de Acanto para seu símbolo-distintivo; não como adorno de uniforme, mas como meio prático de se fazerem localizar com facilidade dentro dos acampamentos. A eleição decorreu do fato de a folha de acanto ser grande, larga e ornamental, apresentando, além disso, recortes simétricos e, sobretudo por que, cortadas, amarelavam rapidamente e, penduradas à porta das barracas daqueles magistrados, se faziam visíveis a grandes distâncias identificando-os prontamente. Assírios, caldeus, medos e persas também se utilizaram de idênticos procedimentos.

Nas legiões guerreiras da Roma antiga também vamos encontrar os famosos “quaestore classici” ou “questores militares”, magistrados nomeados diretamente pelo Imperador para cuidar das finanças militares tanto na paz como na guerra. Consta que autenticavam documentos através de um sinete com as características do Acanto.

Na França, à época de Richelieu, o grande cardeal de Luiz XII, a nomeação dos Intendentes era por escolha, entre os nobres de honra ilibada e pureza comprovada, que se entendiam diretamente com o Rei.

Em 1920, com a vinda da Missão Militar Francesa ao Brasil foi criada a Intendência do Exército Brasileiro; que também ganhou como símbolo a folha de acanto, símbolo de caráter e perfeição moral.

Sabendo da importância de um nome para dar personalidade à este  empreendimento, idealizado por muito tempo, onde colocamos nossas energias e economias; onde planejamos cada detalhe, para que nosso cliente se sinta verdadeiramente acolhido; Queríamos alguma coisa que sintetizasse nosso sentimento de realização e gratidão ao Senhor de Tudo, por conseguirmos edificar na “nossa Ipueiras”, um ambiente aconchegante e moderno, com o conforto que o consumidor atual procura e merece.

Para nós, o nome ACANTO sintetiza a nossa fé no poder realizador do trabalho, a disposição para enfrentar desafios diários e a certeza que vale a pena seguir firme na direção dos sonhos…

Leave a Reply

Your email address will not be published.